Social Icons

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Polícia prende quatro acusados pela morte de empresário em Sapezal

Acusado José Gustavo da Silva

O latrocínio que vitimou um empresário e chocou o município de Sapezal (480 km a Noroeste) foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil, durante esta semana, com a prisão de quatro envolvidos no crime. O acusado José Gustavo da Silva, 24, o “Dentinho” e os menores J. F. S. N.,16, D.S.S.N, 16 e T. S. W., 15, são apontados nas investigações como autores do crime.

O crime ocorreu na noite de 09 de janeiro, quando os assaltantes assassinaram o empresário para roubar o seu veículo, uma pick up Fiat Strada. De acordo com testemunhas, os autores do crime estavam em duas motocicletas e após dispararem contra a vítima, fugiram do local, levando o veículo. O empresário, atingido com um tiro de arma de fogo na cabeça, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

No dia 12, policiais civis foram acionados de que um veículo estava sendo queimado em um matagal na estrada de Sapezal. Em diligências no local, os investigadores constataram que o veículo era o roubado da vítima e estava sem as rodas e os pneus.

Após investigações e oitiva de algumas testemunhas, a equipe de investigadores da Delegacia de Sapezal conseguiu identificar os envolvidos no latrocínio e no sábado (25) realizou a prisão do suspeito identificado como “Dentinho”. No momento da prisão, o acusado estava com maconha e pasta base de cocaína. Em depoimento à delegada de Sapezal, Cínthia Gomes da Rocha Cupido, o acusado confessou a autoria do latrocínio e disse que disparou a arma após a vítima tentar reagir ao assalto.

Segundo informações levantadas pela equipe de investigadores, Dentinho planejou o roubo da pick up, para pagar a dívida a uma pessoa no município de Campos de Júlio, de quem teria adquirido uma motocicleta Broz 2013.O acusado possui passagens pelos crimes de roubo e tráfico de drogas, nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra e Campo Novo do Parecis.


Após a prisão de Dentinho, policiais apreenderam outros três menores envolvidos no crime. Dois deles confessaram estar pilotando as motocicletas e confirmaram a versão de que foi “Dentinho” quem efetuou o disparo contra a vítima. Os pneus e as rodas do veículo do empresário foram apreendidas na casa do irmão do menor D.S.S.N..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
 
Blogger Templates